Mamoplastia redutora vale a pena?

A gratificação proporcionada é grande o suficiente para valer a pena.

Os índices de satisfação são altos, pois, a forma e o volume dos seios melhoram consideravelmente, assim como a auto-estima.

Essa cirurgia está poderosamente relacionada a qualidade de vida, não apenas pelo alívio sintomático, mas também pela importante melhoria estética na figura feminina.

É um alívio para o desconforto físico e emocional, reduzindo a dor incapacitante e melhorando o desempenho nas atividades diárias. Além disso, ajuda a vencer a baixa-estima e a retração social.

Possibilidades:

Felizmente, os cirurgiões plásticos possuem um arsenal de táticas cirúrgicas para reduzir o volume e dar um novo contorno aos seios que resultam em um ótimo índice de satisfação tanto da paciente como do próprio cirurgião.

É bom saber:

Uma particularidade a considerar sobre essa cirurgia é que ela produz uma cicatriz na parte inferior e media dos seios e ao redor das aréolas. Quanto maior é a redução dos seios, maior é a extensão da cicatriz.

A contração natural das cicatrizes durante o pós-operatório pode deixá-las com aparência pouco agradável, apesar do cirurgião ter feito as incisões com o cuidado de resultar em finas cicatrizes bem escondidas na dobra natural dos seios e camufladas na transição natural ao redor das aréolas.

É um desafio adicional tanto para a paciente como para o cirurgião porque pode distorcer um resultado cirúrgico perfeito.

Diante disso, diversas técnicas foram desenvolvidas com o objetivo de alcançar resultado mais previsível. Evidentemente é impossível prever um resultado absoluto sendo incoerente exigir do cirurgião garantias de resultado.

Geralmente quem costuma desenvolver cicatrizes pouco estéticas já tem conhecimento disso e evita fazer mamoplastia redutora.

Uma reação interessante das pacientes é que o quesito mais importante é a aparência final dos seios, importando pouca à extensão da cicatriz, desde que essa seja bem posicionada e com boa qualidade.

Cada paciente apresenta um tipo diferente de mama que pede uma técnica cirúrgica personalizada capaz de criar seios menores e simétricas que também sejam capazes de amamentar.

Resultado:

O melhor resultado caracteriza-se por seios consistentes, simétricos, com volume e tamanho adequados, sem sinais aparentes de correção cirúrgica e principalmente livres de complicações.

Se possível, seria prudente considerar adiar a cirurgia para depois que decidir não ter mais filhos, uma vez que uma nova gravidez pode arruinar o resultado alcançado.

No geral, a cirurgia resulta em um impacto positivo na qualidade de vida e na satisfação com a própria aparência.

Preço e alternativas:

Os cirurgiões cobram pela cirurgia em média R$10.000 à vista, mas veja abaixo outras alternativas mais acessíveis:

Mamoplastia Redutora gratuita ou parcelada ou por Consórcio
Compartilhe no WhatsApp No Facebook
Privacidade